Início  >  Sobre o Ordenamento  >  Projetos

Projetos

Os projetos que contribuem para o OEMA

Projeto MarSP    

O projeto MarSP é o projeto estrutural que suporta e alicerça a elaboração do Plano de Situação correspondente aos espaço marítimo envolvente do arquipélago dos Açores.

O MarSP desenvolve ações concretas para os Estados-Membros, Portugal e Espanha, desenvolverem as capacidades e ferramentas necessárias para implementar a Diretiva 2014/89/EU nas três regiões ultraperiféricas da Macaronésia (Açores, Madeira e Ilhas Canárias), incluindo mecanismos de cooperação transfronteiriça.

Cofinanciado pela Comissão Europeia, através do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (EMFF), o MarSP tem a duração de 24 meses (janeiro 2018 - dezembro 2019) e é coordenado pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia do Governo dos Açores. O consórcio é formado por Universidades e parceiros institucionais com competências em matéria de ordenamento do espaço marítimo dos arquipélagos dos Açores, Madeira e Canárias.

O principal objetivo do projeto é propor processos de ordenamento do espaço marítimo, de acordo com a legislação em vigor.

Visite a página do projeto MarSP aqui.

 

 

Projeto PLASMAR   

O projeto PLASMAR apoia e contribuir para a elaboração do Plano de Situação correspondente aos espaço marítimo envolvente do arquipélago dos Açores.

 

 

O PLASMAR tem por objetivo estabelecer as bases para a aplicação da Diretiva 2014/89/UE, tendo em consideração a biogeografia da Macaronésia, com o fim de promover o crescimento sustentável das atividades marítimas, com base na abordagem ecossistémica.

 

Cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do POMAC 2014-2020, o projeto tem a duração de 36 meses (janeiro 2017 - dezembro 2019) e é coordenado pela Universidade de Las Palmas de Gran Canaria, incluindo parceiros dos três arquipélagos da Macaronésia.

 

 

Visite a página do projeto PLASMAR aqui.